28 de jul de 2011

Tributo a John Stott

Como já é de conhecimento de todos, no dia de ontem (27/07/2011), foi levado para junto do Senhor, o nosso querido John Stott. Meu primeiro contato com John Stott, foi quando tinha meus 16 anos, quando ganhei um dos seus mais celebres livros, o Contracultura Cristã. Confesso que na época tive alguma dificuldade em assimilar tanta sabedoria. Ainda é!!!

De lá para cá, fui aprendendo com ele a Palavra de Deus, assim como todas as pessoas que o admiram tanto.

Este está sendo um ano difícil para nós. Depois de David Wilkerson, agora John Stott. Parece que o Senhor Deus está com saudade dos Seus filhos!

Para nós, nos resta continuar a cumprir com nosso chamado e comissão. Felizmente, o legado desses irmãos permanece para nos ajudar.

Continuemos então.

_______________________________

3 comentários:

Victor Silva disse...

Graça e paz irmão. =)

Me desculpe estar lhe falando sobre isso aqui, por um comentário. Mas rogo encarecidamente ao irmão, que nos ajude a divulgar um

texto intitulado "Manifesto Cristão" que vai no link abaixo.

http://aounicodeusverdadeiro.blogspot.com/2011/07/manifesto-cristao.html

Ele é apenas uma adaptação de alguns textos de vários autores Cristãos. A intenção é apenas levar esta palavra ao maior número de

pessoas possível. Isso é um manifesto contra o evangelicalismo moderno, que tem enganado muitas pessoas e desonrado ao nosso amado

Senhor Jesus.

Leia o texto, e se achar pertinente postar em seu blog, ficarei imensamente honrado e agradecido. Se conhecer outras pessoas ou

blogueiros que possivelmente se interessariam em divulga-los, seriam maravilhoso também. Se você não quiser, não precisa citar fonte

nem nada desse tipo. Só a publicação do conteúdo, para o conhecimento de mais pessoas, já seria uma benção sem tamanho. Do

contrário, sua leitura dele, já me deixará muito contente.

Desculpe qualquer incômodo. Desde já, grato pela atenção. =D

Pode apagar esse comentário.

Victor Silva

Jackie A. disse...

Morreram este ano (2011) dois britânicos.Amy Winehouse e John Stott- Ela 27 anos,por abuso de álcool e sozinha.Ele aos 90 anos, por complicações da idade, ouvindo "O Messias" de Handel,cercado por amigos queridos.Ela tinha uma bela voz,mas suas canções eram cheias de dor e desespero, ele um grande pregado do Evangelho que dedicou toda sua vida a servir a Deus.Que pena que são poucos que compreendem o valor único de uma vida como de john Stott diante de Deus e do mundo.

Sergio Menga disse...

Disse-o muitíssimo bem querida irmã Jaqueline.

Abraços fraternos.